4.9.15

Um pouco de história...

Grupo Pai João Preto de São Julião, Grupo Folclórico Folia de Santo Reis Imaculada Conceição (grupo da Dona Joaninha), a Folia de Bom Jesus e de São Sebastião da comunidade quilombola de Marques em Carlos Chagas, estes e outros tantos núcleos das cultura populares do Vale do Mucuri têm origem com as correntes migratórias do século XIX. No Vale do Mucuri os negros, ex-escravos, muitos imigrantes provenientes do Vale do Jequitinhonha e Sul da Bahia e imigrantes europeus encontram-se com remanescentes de povos indígenas como os Boruns (Botocudos) e os Maxacalis. Eles vão em busca de terras, de melhores condições de vida, ou para frentes de trabalho como surgida com a construção da estrada de Santa Clara, da Companhia de Commercio e Navegação do Rio Mucury, depois da Estrada de Ferro Bahia e Minas e finalmente na construção da Rio-Bahia.

Estes povos ocupam o território em pequenas comunidades e trazem consigo as tradições da cultura popular, transmitidas de forma oral de geração a geração, muitas delas forjadas na fé em agradecimento e devoção a santos católicos e a outras entidades espirituais. A cultura tradicional desenvolveu-se no seio de vilarejos rurais, com fortes núcleos familiares, onde mantêm os laços afetivos, sociais e de resistência cultural das minorias étnicas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário